"As formas eram já mera ilusão da Vista" - 2004 /2007

 

Duo - Luciana Bortoletto e Gil Grossi     /        imagens em projeção: Gil Grossi  e Ruben Bianchi  

 

"As Formas eram já mera Ilusão da Vista" é um duo de dança contemporânea inspirado em fotos clássicas de casais e na expectativa vivida segundos antes de serem fotografados. Com cenas que remetem às fotonovelas e cinema mudo, sugere situações que podem transitar do bucólico ao cômico, do romântico ao irônico. As projeções de imagens, os recortes de luz e a trilha sonora criam atmosferas e modificam o olhar do espectador diante das cenas que se desenrolam. É um espetáculo que trata de contradições e diferenças com muito bom humor e simplicidade. O espetáculo é resultado de uma pesquisa de linguagem denominada “fotodança”, que propõe a interface entre dança contemporânea e fotografia.

 "As formas..." participou do SESI Dança 2007 circulando por 12 unidades no estado; ARARAQUARA, BIRIGUI, FRANCA, ITAPETININGA, MARÍLIA, RIO CLARO, MAUÁ, OSASCO, PIRACICABA, SANTO ANDRÉ, SANTOS e SOROCABA, foi apresentado no evento "Primavera Dança - Novos criadores", realizado pelo Teatro Fábrica - SP em dezembro de 2005; na 7a. Semana de Fotografia de Ribeirão Preto de 2004, como parte da programação de eventos do SESC- Ribeirão Preto. O projeto contou com uma Mostra Digital de fotografias de dança, teatro e música e também ministramos oficina de Fotografia de Palco e de Dança Contemporânea. A performance também foi apresentada no evento promovido mensalmente pela Cia Nova Dança 4 e Estúdio Nova Dança "Sexta na Tomada", em agosto de 2004.


foto: Ruben Bianchi


agradecimentos: Ruben Bianchi, Décio Filho, Tamara Ka e  Estúdio Nova Dança, Espaço7, C.C. Oswald de Andrade

Teatro Fábrica - dez 2005

SESI Dança 2007 - dez 2005